Maracá – O Som que Cura

Os maracás ou chocalhos são instrumentos musicais utilizados por diversas etnias indígenas do Brasil e da América do Sul. É muito difícil saber quando surgiram os instrumentos musicais, mas desde a Idade da Pedra Lascada tem-se indícios de que o homem utilizava para imitar os sons da natureza, como o vento, o trovão, o canto dos pássaros, o rugido das feras e muito mais.

Inicialmente os primeiros maracás foram feitos de osso e de madeira. Atualmente existem vários materiais, mas geralmente como é uma prática indígena, são feitos com materiais naturais. Pode ser confeccionado de diversos materiais, como sementes, unhas, dentes, caroços de frutos, cabaças de arvores, chifres de animais e muitos outros.

Enquanto para alguns povos, como na América do Norte e na Sibéria, tambor é o instrumento mais utilizado, na América do Sul e Central foi o maracá o instrumento musical que mais se destacou. Para Mircea Eliade em seu livro “O Xamanismo e As Técnicas Arcaicas do Êxtase”, o maracá tem significado importante em cada parte: o cabo do maracá simboliza as árvores ou a natureza como um todo; o volume oco contido dentro da cabaça simboliza o universo e o cosmo; e as sementes, pedras ou seixos contidos no interior da cabaça simbolizam os espíritos e os ancestrais.

Mais do que um simples instrumento de percussão ou rítmico, o maracá é usado de forma religiosa, ritualística e guerreira, sendo considerado um instrumento de poder principalmente nas práticas xamanicas, onde é instrumento de poder e de cura. O maracá ajuda a limpar as energias densas, pesadas, escuras, dissolvendo estas energias e auxiliando atrair os bons espíritos e as boas energias para a pessoa ou até mesmo no ambiente.

É utilizado em rituais e cerimônias indígenas ajudando a chamar as forças da natureza, os espíritos curadores e os aliados de poder. Para algumas etnias, o maracá é muito sagrado, existindo a crença que seu som reproduza exatamente a voz dos espíritos. O maracá pode ser enfeitado com diversos elementos como palha, cristais e penas, assim como pode ser pintado com grafismos indígenas e tintas naturais. Em várias religiões e cultos o maracá é considerado sagrado, como por exemplo o catimbó, que tem influência indígena.

Esperamos que essa informação contribua com você. Dúvidas ou sugestões deixei seu comentário abaixo, e siga a gente em outros canais e redes sociais.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s