BENJOIM – especiaria valiosa desde a Antiguidade

O Benjoim é uma árvore originada da região do sudoeste asiático, como Laos, Tailandia (Sião), Vietnã, China, Camboja, Borneo, Java, Sumatra, podendo ainda ser encontrado em alguns países no nordeste da Africa, como Somália e Etiópia.

Possui muitas variedades como Styrax benzoin, Styrax tonkinensis, entre outros.

Do seu caule é extraído uma goma através de incisão no tronco. Um líquido amarelado vai escorrendo, em seguida transformasse em gotas pegajosas, com o tempo seca e transforma-se em resina dura e muito aromática, que é ainda hoje muito apreciada na perfumaria, por causa do seu alto teor de fixação.

benjoin-écorce

Em latim, é chamado de Benzoïnum e em árabe de Gawi ou Djaoui. O Benjoim tem muitos outros nomes e procedências. O mais conhecido é o Benjoim de Sião, de cor marron e alaranjado, incrustado de manchas brancas que parecem amêndoas quebradas. Seu odor é ligeiramente adocicado, lembrando o aroma da baunilha, sendo considerado quente e seco em segundo grau exalando um aroma calmante e curativo.

Existem ainda o Benjoim da Sumatra, que é um pouco mais barato e não tem um aroma tão acentuado quanto o Benjoim do Sião.

altar-do-incenso-exodo-30-2Existe ainda o Benjoim de Singapura, vendido como um substituto do Benjoim de Sião, e é considerado um incenso sagrado para os mulçumanos. Os mulçumanos o chamam de Djaoui Mekkaoui.

Na Idade Média o Benjoim foi uma das especiarias muito apreciada na Europa e por isso comercializada pelos portugueses. Ainda nessa época na China o Benjoim também foi muito comercializado, vindo principalmente da Rota da Seda, de países como o Irã.

 

Propriedades medicinais do Benjoim

Para uma melhor obtenção dos benefícios do Benjoim é recomendado que se use o óleo essencial. Suas principais propriedades são expectorante, anti-séptico, conservante, cicatrizante, hidratante, rejuvenescedor, desintoxicante, sedativo nervoso, entre outros.

Dores reumáticas podem ser aliviada esfregando o membro que o aflige com óleo essencial de Benjoim, mas é prudente, antes de fazer tanto atrito, ter certeza de que você não é alérgico ao Benjoim.

Ainda o óleo essencial do Benjoim é um conservante natural e antiséptico. Devido à sua natureza resinosa, o Benjoim proporciona uma película protetora para a pele e cabelo que os impede de perder a hidratação e dá brilho.

benjoim-e1478604613417-2

 

Usos mágicos do Benjoim

Na China o Benjoim era conhecido como “aromático da partia”, e acreditava-se que a defumação com sua fumaça podia expulsar os demônios do corpo da pessoa.

images (3)Para os egípcios, fazer defumação com resina de Benjoim era uma questão de proteção física e energética. Os egípcios tinham profundo domínio sobre o uso dessa resina, tanto que a utilizavam no embalsamento das múmias, além de fins cosméticos e medicinais.

Fazer defumação com Benjoim tornaria o intelecto mais sutil e acima de tudo mais rápido. Estas propriedades devem ser consideradas levando em conta as correspondências astrológicas da resina, que são os planetas Mercúrio e Jupiter, estimulando especialmente as faculdades necessárias para o vendedor e o negociador.

O uso da resina de Benjoim, como um incenso natural, varia de acordo com cada região. No Oriente Médio a defumação com Benjoim atrai prosperidade material, podendo por exemplo, ser usada no comércio para atrair clientes para o seu negócio. Além disso também é conhecida na magia árabe o uso do Benjoim para atrair sorte em jogos de azar. Outro uso muito popular para o Benjoim é para proteção contra maus espíritos da casa onde se vive.

Nos países onde se origina é usado há séculos como ingrediente do incenso. O Benjoim também é considerado como um aroma calmante, relaxante, anti-depressivo, sedativo nervoso, inibidor da ansiedade, entre outros benefícios.

images (2)

No mundo das atividades de ocultismo, tudo está imbuído de tudo. Assim, uma resina usada somente para fins materiais pode perder algumas de suas propriedades espirituais. Portanto, recomendamos que você prefira usar o Benjoim com um propósito espiritual.

 

Cuidados com a defumação com Benjoim

Esteja ciente de que alguns componentes do Benjoim podem causar alergias respiratórias e epidérmicas. Assim, algumas pessoas que inalam a fumaça do Benjoim podem se sentir mal.

Para que isso não atrapalhe sua defumação, evite inalar diretamente a fumaça do Benjoim, mantendo o incensário longe do seu rosto. De preferencia use poucas quantidades e abra todas as janelas ou portas do ambiente antes de iniciar a defumação.

 

Receitas Mágicas  

INCENSO PARA NEGÓCIOS

2 partes de Benjoim

1 parte de canela em pó

1 parte de manjericão folhas secas

Triture bem todas as plantas secas e quebre em pedaços pequenos a resina de Benjoim. Misture tudo e acenda um carvão vegetal, jogue pequenas porções sobre a brasa e aprecie este agradável aroma. Cuidado para não inalar a fumaça diretamente. Utilize essa defumação em seu ambiente de trabalho para que possa atrair mais clientes.

 

1_dHrc90waZxj_N6d9_K1tJQ.jpeg

INCENSO PARA CÍRCULOS DE PAGANISMO

4 partes de resina de Olíbano

2 partes de resina de Mirra

2 partes de resina de Benjoim

1 parte de Sândalo em pó

½ parte de Canela em pó

½ parte pétalas de Rosas secas

¼ parte folhas de Alecrim seco

¼ parte folhas de Louro

Triture bem todas as plantas secas e quebre em pedaços bem pequenos as resinas. Misture tudo e acenda um carvão vegetal, jogue pequenas porções sobre a brasa. Esse incenso é muito utilizado para preparar espaços e ambientes que irão receber pessoas. Nos círculos de meditação e práticas espirituais do Paganismo é um incenso utilizado com frequência.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s